ultrapassar navega��o
  • 1perfis.png
  • beterraba_sacarina.jpg
  • cao.JPG
  • cesar_rebanho.JPG
  • DSC00916.JPG
  • exotico.png
  • exotico2.png
  • exotico3.png
  • FIG-2.png
  • FIG32.png
  • IMG_1328.jpg
  • perfis-1.png
  • prado_Matela.JPG
  • slide1.png
  • vinha-douro.png
FacebookTwitterGoogle BookmarksLinkedin


Global Soil Partnership

EUROPEAN P SOIL

dia do solo 2017

RTEmagicC WSD 17 Poster KeyMsg PT 05.pdf

  • lema4.png
  • lema1.png
  • lema3.png
  • lema2.png
agosto 2019
D Sb
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

 

DIA DO SOLO2

 Healthy Soils for a healthy Life

Programa da Parceria PRIMA [8 Fev - anúncio dos primeiros concursos]

Logo PRIMA orizzontale

Foi lançado a 8 de fevereiro o programa da Parceria PRIMA (Partnership for Research and Innovation in the Mediterranean Area) com o anúncio dos primeiros concursos.

Esta Parceria conta atualmente com a participação de 19 países euro-mediterrânicos, incluindo 11 países da UE (Croácia, Chipre, França, Alemanha, Grécia, Itália, Luxemburgo, Malta, Portugal, Eslovênia e Espanha) e 8 países não membros da UE (Argélia, Egito, Israel, Jordânia, Líbano, Marrocos, Tunísia e Turquia).

A Iniciativa inclui um programa com a duração de 10 anos, um financiamento indicativo de 440 milhões de euros, divididos entre contribuições dos países participantes e da União Europeia, através do Programa Horizonte 2020.

No plano da sua Agenda Estratégica de Investigação e Inovação (SRIA, Strategic Research and Innovation Agenda), a PRIMA assenta nos seguintes pilares:

I -Gestão sustentável da água em áreas áridas e semiáridas do Mediterrâneo;

  • · Testar e estimular a adoção de soluções hídricas adequadas ao contexto;
  • · Melhorar a sustentabilidade da terra e água nas bacias semiáridas mediterrânicas;
  • · Elaborar e estimular a adoção de novas políticas e protolocos para a governação de sistemas de gestão hídricos.

II - Sistemas agrícolas sustentáveis;

  • · Desenvolver sistemas de lavoura inteligentes e sustentáveis de modo a manter recursos naturais e aumentar a eficiência na produção;
  • · Desenhar e promover a adoção de novas abordagens para a redução do impacto de pragas e patogéneses na agricultura.

III - Cadeia de valor alimentar no desenvolvimento regional e local mediterrânico;

  • · Inovar no plano dos produtos alimentares baseados na dieta mediterrânicas, estimulando a ligação entre nutrição e saúde;
  • · Encontrar soluções para aumentar a eficiência na cadeia alimentar e hídrica, reduzindo perdas e resíduos;
  • · Conceber e implementar modelos inovadores e de qualidade no agro-negócio como fonte de emprego e crescimento económico.


Para mais informações sobre o programa e concursos: FCT.pt e/ou PRIMA.org.

prima visual