1perfis.png
DSC00916.JPG
FIG-2.png
FIG32.png
IMG_1328.jpg
beterraba_sacarina.jpg
cao.JPG
cesar_rebanho.JPG
exotico.png
exotico2.png
exotico3.png
perfis-1.png
prado_Matela.JPG
slide1.png
vinha-douro.png
Anterior
Seguinte

Rede AGRI-DEM_SOLO promove a partilha de boas práticas para melhorar a qualidade do solo

AGRIDEM SOLO 1

Duas ações de demonstração da Rede AGRI-DEM_SOLO tiveram lugar nas últimas semanas com o intuito de incentivar a discussão e a troca de experiências na adoção de boas práticas para a melhoria da saúde do solo. São Pedro de Alva (Penacova) e Quintã de Pero Martins (Figueira de Castelo Rodrigo) foram as localidades anfitriãs das iniciativas que juntaram produtores agrícolas e florestais, em contexto “real”, a par de especialistas do setor.

A localidade de São Pedro de Alva, no concelho de Penacova, acolheu, a 31 de maio, a ação de demonstração “Medidas de Gestão Sustentável do Solo em Áreas de Regeneração Natural de Medronheiro e em Pomares”. A iniciativa teve como parceiros a Escola Superior Agrária de Coimbra (em representação do CCRES – Centro de Competências dos Recursos Silvestres) e a empresa Medronhalva. Já no dia 7 de junho, em Quintã de Pero Martins (Figueira de Castelo Rodrigo), realizou-se a ação “Boas práticas em solos florestais em povoamento de sobreiro”, evento este coordenado pelo Colab Forestwise.

AGRIDEM SOLO 2AGRIDEM SOLO 3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Rede AGRI-DEM_SOLO - Rede de Explorações de Demonstração em Inovação e Boas Práticas de Gestão do Solo - é uma iniciativa da Rede Nacional PAC que conta com o apoio da Parceria Portuguesa para o Solo e do Grupo de Trabalho da Inovação, assim como de diversos parceiros em cada ação de demonstração realizada.

O intuito é criar uma rede de explorações agrícolas de demonstração (AGRI-DEM) para a adoção de inovação e boas práticas no setor agrícola e florestal, nomeadamente na melhoria da saúde do solo, através do intercâmbio de conhecimentos e aprendizagem entre pares e com os atores de inovação. As demonstrações deverão ser feitas em contexto real, em explorações agrícolas, agroflorestais e florestais sustentáveis em termos económicos e ambientais. Com o apoio de especialistas, técnicos e investigadores, as ações de demonstração podem ser espaços de co-criação, adoção de inovação, resolução de problemas, sensibilização e fortalecimento de colaborações.

AGRIDEM SOLO 4AGRIDEM SOLO 5AGRIDEM SOLO 6

 

 

 

Condições e benefícios de adesão à Rede AGRI-DEM_SOLO

Em primeiro lugar, deverão ter sido identificadas ameaças à saúde do solo na exploração que conduziram à adoção de medidas de gestão sustentável do solo que concorrem para pelo menos dois dos seguintes objetivos específicos: prevenir a salinização dos solos e restaurar solos salinizados, manter e aumentar os teores de carbono orgânico do solo, prevenir a poluição do solo e restaurar solos contaminados, prevenir a erosão e restaurar solos erodidos e melhorar a estrutura do solo e a qualidade do habitat para a biota do solo e para as culturas.

A exploração candidata deve ser identificada por um Centro de Competências do setor ou, na sua ausência, um CoLab ou uma Associação de Produtores. O reconhecimento da exploração é feito, depois, pela Rede Nacional PAC. Uma vez integrada na Rede, o responsável da exploração e a entidade proponente estabelecem uma parceria com outros atores de inovação - especialistas do solo, entidades de I&D, técnicos do SAAF, agroindústria, entidades públicas - para a realização da ação de demonstração.

A Rede AGRI-DEM_SOLO surge no âmbito da Rede AGRI-DEM prevista no Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC 23.27) como sendo uma das atividades a desenvolver pela Rede Nacional PAC. A Rede AGRI-DEM tem como objetivo a implementação de uma rede de explorações de demonstração para “promover a troca de conhecimento, a aprendizagem cruzada entre atores e a adoção eficiente da inovação no setor agrícola, através da demonstração de tecnologia e inovação no contexto de uma exploração agrícola sustentável, a troca de conhecimentos e de boas práticas de agricultor para agricultor e outros atores de inovação”.

 

Notícias relacionadas:

Ação de Demonstração abordou regeneração natural de Medronheiro

Ação de demonstração do projeto SoiLife1st

Quinta da Covela acolheu primeira ação da Rede-AGRI-DEM_SOLO sobre Viticultura Regenerativa

 

AGRIDEM SOLO 7AGRIDEM SOLO 8

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Acessos: 5831