NOVO (em atualização)

SOILGUARD

2021

EUROPEAN LANDOWNERS' ORGANIZATION

Líder do Projeto:
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

soilguard 

Objetivo geral do projeto: estimular o uso sustentável da biodiversidade do solo, a fim de proteger a multifuncionalidade dos solos e aumentar o bem-estar económico, social e ambiental.

O uso sustentável da biodiversidade do solo será conseguido através da coleta de fortes evidências das ligações entre o maneio do solo, a biodiversidade, a multifuncionalidade do solo e o bem-estar humano em regiões biogeográficas. Essa evidência será obtida por meio de uma estrutura holística inovadora sobre bem-estar e biodiversidade do solo. O SOILGUARD avaliará a situação da biodiversidade do solo e sua contribuição para o fornecimento e valor dos serviços ecossistémicos mediados pelo solo em relação às ameaças de degradação da terra, maneio insustentável do solo e mudanças climáticas.
Neste projeto, a Organização de Proprietários de Terras Europeus (ELO) será responsável pela comunicação e disseminação do projeto e estará envolvida na co-concepção do plano estratégico, incluindo o quadro de Avaliação Ambiental do Solo e da Biodiversidade do Solo, e participará das atividades de engajamento (mapeamento das principais partes interessadas) e atividades relacionadas com as políticas a nível europeu.

CARBOSEQ

2021

EJP SOIL

Líder do Projeto:
Axel Don

 3

Objetivo geral do projeto: Estimar o potencial de sequestro SOC viável tendo em consideração as restrições técnicas e socioeconómicas.

Pretende-se uma avaliação abrangente da quantidade de carbono orgânico do solo (SOC) que pode ser sequestrado nos solos europeus, para diferentes opções de gestão, usando dados nacionais sobre a gestão agrícola. O projeto alinha-se  com a atividade atual da FAO de construção do mapa de potencial de sequestro SOC global (GSOCseq). Será construído um novo banco de dados para facilitar a execução de modelos (RothC e outros modelos)para diferentes cenários de gestão. A área potencial de implementação será desenvolvida em conjunto com todos os parceiros da CarboSeq e os centros de especialistas nacionais. Os mapas de potencial de sequestro de SOC para diferentes opções de gestão poderão apoiar os formuladores de políticas regionais específicas, para as opções de gestão agrícola mais eficientes para sequestrar o SOC e para mitigação das alterações climáticas.

 

 

SOMMIT

2021

EJP SOIL

Líder do Projeto:
CREA (Consiglio per la ricerca in agricoltura e l’analisi dell’economia agraria)
, Italy


1

Objetivo Geral do projeto: Gestão sustentável da matéria orgânica do solo para mitigar os trade-offs entre o sequestro de C e as perdas de óxido nitroso, metano e nitrato, afetadas pelas opções de gestão do solo, destinadas a aumentar o armazenamento de C do solo.

A abordagem integrada e interdisciplinar abordará as principais condições pedoclimáticas e sistemas agrícolas na Europa, através de:

  • Síntese e meta-análise da literatura e dados disponíveis;
  • Novas medições direcionadas, em ensaios de longo prazo;
  • Simulação de respostas dos sistemas agroecológicos, de longo prazo, a opções de gestão contrastantes.

Os dados obtidos serão sintetizados permitindo a identificação de estratégias ideais para mitigação de compensações baseada em evidências, e  o envolvimento efetivo das partes interessadas.

 

TRACE-Soils

2021

EJP SOIL

Líder do Projeto:
Marta Goberna

4

Objetivo Geral do Projeto: Aumentar a previsibilidade de sinergias e trade-offs no sequestro de C do solo nos  agroecossistemas.

O sequestro de C do solo nos agroecossistemas pode promover a qualidade do solo e a biodiversidade, mas tem um custo de aumento das perdas de nutrientes e emissões de gases de efeito estufa. Com o objetivo de aumentar a previsibilidade de tais sinergias e trade-offs, são estudados os mecanismos subjacentes, por meio da revisão da literatura que os quantifica, sob diferentes sistemas agrícolas e práticas de gestão.

Serão identificados os fatores abióticos e bióticos do solo, de magnitudes de trade-off e testá-los em experimentação de longo prazo em um gradiente pedoclimático NE-SW na Europa. Os cenários de modelagem serão apresentados para ampliar a análise de trade-offs para o nível provincial.

Os resultados das análises, experimentos e modelos servirão para propor uma lista classificada de indicadores e medidas específicas da zona climática para avaliar e mitigar os trade-offs

 

INSURE

2021

EJP SOIL

Líder do Projeto:
Kristiina Regina

8

Objetivo geral do projeto: Melhorar a compreensão dos controles do ciclo do elemento em ecossistemas reumedecidos e encontrar indicadores robustos para as compensações da gestão.


A gestão da humidade, com elevação do lençol freático e culturas tolerantes a inundações, são opções para reduzir quer a decomposição de turfa nos solos turfosos e as relacionadas emissões de gases de efeito estufa, quer a contaminação da água das turfeiras cultivadas, ao mesmo tempo que permitem algum rendimento aos agricultores.


No entanto, existem locais com o risco de altas emissões de metano ou fósforo, diminuindo os benefícios ambientais. Os indicadores mensuráveis usados na seleção dos locais aumentariam a taxa de sucesso do restabelecimento de zonas húmidas e a aceitabilidade da gestão agrícola de solos turfosos.

 

STEROPES

2021

EJP SOIL

Líder do Projeto:
AgroParisTech, France (INRAE LTP)
Emmanuelle Vaudour 
Johanna Wetterlind

Parceiro Nacional: INIAV
Ana Marta PAZ
MConceição GONÇALVES

 

9

Objetivo geral do projeto: Superar as limitações dos mapas de solo estáticos, recorrendo ao uso de séries temporais de satélite, testando o seu potencial para prever o teor de carbono orgânico do solo de terras agrícolas em várias condições pedoclimáticas e sistemas de cultivo em toda a Europa.

Os mapas de solo convencionais de alto detalhe são estáticos e frequentemente baseados em dados obsoletos em relação ao tempo de uso. Os modelos serão construídos a partir dos espectros de imagem de refletância de séries de satélites ópticos, notadamente Sentinel-2 (ESA), com base numa série de áreas diversificadas para as quais já estão disponíveis amostras de carbono orgânico do solo.

A segunda fase do projeto será dedicada a analisar a influência de vários fatores no desempenho de previsão do SOC: humidade do solo, textura, vegetação seca devido às práticas de gestão, salinidade.

Em seguida, para os locais onde as informações de satélite podem não permitir a derivação de previsões aceitáveis, outros dados auxiliares serão considerados numa escala mais detalhada, usando proxies geofísicos para reduzir a incerteza associada a essas previsões.

 

SensRes

2021

EJP SOIL

Líder do Projeto:
Aarhus University (AU)
Mogens Humlekrog Greve 

10

Objetivo geral do projeto: Propor e testar um novo método para reduzir mapas de solo em grande extensão para resoluções mais altas, usando sensores proximais, drones e imagens de satélite.

Mapas de solo para grandes áreas muitas vezes não têm em conta a variação local das propriedades do solo, devido às suas resoluções grosseiras. No entanto, sensores remotos e proximais podem fornecer informações de solo altamente detalhadas a nível local.

Propõe-se um método para reduzir mapas de solos de grande extensão usando dados de sensores. Testar-se-á o método em campos agrícolas em sete países europeus, usando sensores proximais, imagens de drones e imagens de satélite. As propriedades do solo mapeadas incluirão carbono orgânico do solo, textura do solo e propriedades do solo localmente importantes. Ainda serão testadas, imagens de drones e de satélite de solos nus e campos com vegetação, o efeito dos dados de fusão de diferentes sensores e o potencial de uso de mapas de solo em escala reduzida em aplicações práticas.

 

SCALE

2021

EJP SOIL

Líder do Projeto:
Elmar Schmaltz

11

Objetivo geral do projeto: Melhorar a gestão da conectividade de sedimentos em diversas paisagens agrícolas.

SCALE é um consórcio de 13 institutos de I&D de 9 países da EU, que visa melhorar a gestão da conectividade de sedimentos em diversas paisagens agrícolas.

O  projeto envolve:

  • Conhecer o estado da arte dos princípios de conectividade em modelação e padrões legais;
  • Harmonização do conjunto de dados e de métodos de aumento e redução de escala;
  • Avaliação de medidas internas e externas e elementos de conectividade em abordagens de modelação comuns;
  • Desenvolvimento de estruturas com medidas de mitigação e melhores práticas de gestão para as partes interessadas;
  • A comunicação de resultados do projeto.

O projeto permitirá melhorar significativamente a harmonização de conjuntos de dados, observações e técnicas de modelação na pesquisa de conectividade e preencher a lacuna entre as diferentes escalas espaciais e administrativas.

 

i-SoMPE

2021

EJP SOIL

Líder do Projeto:
Frederic Vanwindekens

12

Objetivo geral do projeto: Melhorar a gestão da conectividade de sedimentos em diversas paisagens agrícolas.

Objetivo geral do projeto: Usando uma abordagem de levantamento, documentar práticas agrícolas inovadoras.

Práticas inovadoras de gestão do solo e sistemas agrícolas (SMPs)são promovidas para melhorar os serviços do ecossistema, a fim de minimizar as ameaças ao solo e sustentar a agricultura, num contexto de alterações climáticas.

Falta um inventário abrangente de SMPs e a sua capacidade de sucesso tendo em vista vários objetivos, produção agrícola, serviços de ecossistema, ciclos biogeoquímicos. Usando uma abordagem de levantamento, o i-SoMPE terá como objetivo documentar essas práticas agrícolas inovadoras. Os dados reunidos serão sintetizados, considerando as limitações técnicas e ecológicas e as barreiras socioeconómicas.

Mapas temáticos de contexto específico serão fornecidos para orientar os formuladores de políticas para os SMPs inovadores mais eficientes como ferramentas sustentáveis inteligentes para o clima.

 

SIREN

2021

EJP SOIL

Líder do Projeto:
Wageningen Research (WR)

Dr. Jack Faber

13

Objetivo geral do projeto: Fazer um inventário dos sistemas de indicadores para avaliar a qualidade do solo e os serviços ecossistémicos, atualmente usados pelos Estados Membros associados na EJP SOIL e além.

Serão identificados e analisados os quadros de referência de indicadores nacionais, desde as propriedades do solo, passando pelas funções do solo, até os serviços do ecossistema do solo e os indicadores do estado e funções da qualidade do solo, além dos seus valores de referência nas condições pedoclimáticas para os principais sistemas de produção agrícola na UE. A

inda identificará se estes foram traduzidos em opções de políticas e implementação, e em orientações e orientações sobre gestão de terras. Em particular, será feito um levantamento do conjunto de valores de referência para SOC, qualidade do solo, biodiversidade do solo e risco de degradação, os valores-alvo associados dos indicadores e identificar lacunas de conhecimento e necessidades de desenvolvimento.

 

CLIMASOMA

2021

EJP SOIL

Líder do Projeto:
Flemish research institute for agriculture, fisheries and food, Belgium (EV-ILVO)
Sarah Garre 

14

Objetivo geral do projeto: Contribuir para o alinhamento de estratégias de I&D  conectando gestão agrícola, qualidade do solo e potencial de adaptação ao clima por meio de síntese da literatura, sua meta-análise e identificação de lacunas de conhecimento.

A gestão do solo e os sistemas de cultivo para melhorar a qualidade do solo são frequentemente propostos como uma forma fundamental de apoiar a adaptação sustentável da agricultura da UE às alterações climáticas. Muitos ensaios de campo de longo prazo quantificaram o impacto de práticas de gestão específicas na qualidade do solo e no desempenho das culturas.

No entanto, os dados existentes ainda não foram suficientemente sintetizados para que os profissionais e formuladores de políticas possam tirar conclusões quantitativas e específicas ao contexto, a respeito da eficácia das práticas de gestão como ferramentas de adaptação climática.

 

VLAIO - PROJETO COMPACTAÇÃO DE SOLO

2020 

ILVO, a Inagro, o Serviço de Ciência do Solo da Bélgica (BDB) e a Universidade de Ghent

 1111
  • O objetivo geral deste projeto é aumentar a consciencialização sobre a prevenção da compactação do solo e avaliar a eficácia de medidas de remediação específicas para a compactação na camada mais profunda do solo.
  • Aceda ao site do projeto AQUI (NL)

 

INTENSUSVITI

2018 - 2020 

PDR2020

 GoIntensusVITI
  • Desenvolver um processo de Intensificação Sustentável da Vitivinicultura visando o aumento da produtividade da vinha através de inovação tecnológica, centrada na mecanização da poda, na otimização do sistema cultural com o recurso a ferramentas de viticultura de precisão, no sequestro de carbono nos solos vitícola e na redução do seu impacto ambiental; - criar um novo produto: “Vinho de Uvas de Baixa Pegada Ecológica”.

 

 

OLEOCOLZA

2018 - 2020 

PDR2020

 Oleocolza
  • Avaliação do impacto de diferentes variedades na capacidade produtiva da COLZA no Alentejo e Região do Ribatejo. Testagem como cultura de rotação, com boa rentabilidade, potencial de valorização dos solos e dirigida para a extração de óleo vegetal.

 

 

DECLÍNIO DO MONTADO NO ALENTEJO

2018 - 2020 

PDR2020

 Declinio Montado Alentejano
  • Medidas inovadoras para a mitigação do declínio do montado no Alentejo, nomeadamente para o controlo de Phytophthora, através da melhoria da fertilidade do solo, da conservação da paisagem e da sustentabilidade da fileira do Porco Alentejano.

 

 

BIOCHORUME

2018 - 2020 

PDR2020

 Biochorume
  • Criar um modelo inovador, alternativo ao tradicional, para minimizar os problemas do excesso de efluentes pecuários nas Explorações de Pecuárias Leiteiras na região de Entre Douro e Minho, promovendo a sua valorização como fornecedor de matéria orgânica aos solos e disponibilidade de nutrientes para a produção de biomassa para fins energéticos próprios, contribuindo para a melhoria da sustentabilidade económica das empresas Pecuária Intensiva de Bovinos Leiteiros.

 

 

NUTRISUBER

Maio 2017 - Abril. 2022 

PDR2020

 Nutrisuber
  • Promover as ações de experimentação, demonstração e disseminação do conhecimento gerado necessárias ao estabelecimento de recomendações de fertilização racional para o montado de sobro, tendo em consideração o estado de fertilidade dos solos e de nutrição das árvores.

 

 

DIVERFARMING

Maio 2017 - Abril. 2022 

H2020

 diverfarming
  • Diversificação de culturas e agricultura com baixos imputes em toda a Europa: do envolvimento dos profissionais e dos serviços dos ecossistemas ao aumento das receitas e da organização da cadeia.

 

 

DiverIMPACTS

Junho 2017 - Maio 2022 

H2020

 diverimpacts
  • Diversificação por meio de rotação, culturas intercalares, cultivo múltiplo, promovido com atores e cadeias de valor em direção à sustentabilidade.

 

 

FAIRWAY

Junho 2017 - Maio 2021

H2020

 fairway
  • Sistemas agrícolas que produzem boa qualidade da água potável para abastecimento.

 

 

WATERPROTECT

Junho 2017 - Maio 2020

H2020

 waterprotect
  • Ferramentas inovadoras que permitem a proteção de água potável em ambientes rurais e urbanos.

 

 

EXCALIBUR

Junho 2019 - Maio 2024

H2020

 Excalibur
  • Explorar o potencial multifuncional da biodiversidade subterrânea na  hortícultura.

 

 

SoildiverAgro

Junho 2019 - Maio 2024

H2020

 SoildiverAgro
  • Soil biodiversity enhancement in European agroecosystems to promote their stability and resilience by external inputs reduction and crop performance increase

 

iSQAPER

Maio 2015 - Abril. 2020 

H2020

 iSQAPER

 

 

LANDMARK

Maio 2015 - Outubro 2019

H2020

 Landmark

 

SOILCARE

Março 2016 - Fevereiro 2021

H2020

 SoilCare

 

 

CIRCASA

Novembro 2017 - Outubro 2020

H2020

 Circasa

 

 

BEST4SOIL

Outubro 2018 - Setembro 2022

H2020

 Best4soil